Categorias

O brasileiro visionário da revolução agrícola tropical

Foto: Divulgação

 

O engenheiro agrônomo Alysson Paolinelli foi indicado para o Prêmio Nobel da Paz 2021 por sua liderança na revolução agrícola tropical sustentável, quando era Ministro da Agricultura do Brasil, nos anos 1970.

A campanha de comunicação sobre a indicação do ex-Ministro da Agricultura, Alysson Paolinelli ao Prêmio Nobel da Paz 2021 está sendo divulgada nas redes sociais (Facebook, Instagram e Linkedn).

 

Brasil: de importador para a autossuficiência na produção de alimentos

A partir dos anos 1970, o Brasil foi palco da maior revolução agrícola tropical sustentável da história. Alysson Paolinelli foi o visionário que vislumbrou e plantou essa grande mudança.

O engenheiro agrônomo mineiro de Bambuí colocou o Brasil no caminho da autossuficiência alimentar, porque até então importávamos alimentos básicos. E a maior oferta de comida reduziu o custo relativo da alimentação dentro do orçamento familiar e liberou renda para outros consumos.

Assim, aquela reviravolta histórica também promoveu crescimento econômico sustentado, melhoria social, vida mais saudável e avanços no bem-estar para as populações rural e urbana. E ainda fez do Brasil o maior exportador mundial de alimentos básicos.

A revolução agrícola tropical sustentável perdura até hoje. Continua se expandindo. Sua melhor expressão está nas 230 milhões de toneladas de alimentos colhidas pelo Brasil na última safra, 10 vezes mais do que conseguia produzir quando a revolução de Paolinelli começou.

 

Tecnologia Agrícola Tropical  alavancou a produção

O visionário da revolução agrícola tropical. Assim pode ser chamado Alysson Paolinelli, mineiro de Bambuí, agrônomo, professor universitário, Secretário de Agricultura/MG e depois Ministro da Agricultura.

Nessas andanças levava um sonho: viabilizar uma tecnologia agrícola tropical,até então inexistente, e assim buscar a autossuficiência alimentar do Brasil, na época um importador de alimentos básicos.

Desse impulso que nasceu a revolução agrícola tropical, liderada por Paolinelli nos anos 1970, e que se projetou pelas décadas seguintes, tornando o país protagonista da agricultura e da segurança alimentar mundial, além de contribuir para a maior parte dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs) das Nações Unidas.

Por esse legado, Paolinelli está sendo indicado para o Nobel da Paz 2021.

A indicação do ex-ministro da Agricultura ao prêmio foi protocolada no Conselho Norueguês do Nobel (The Norwegian Nobel Committee) pelo diretor da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq/USP), professor Durval Dourado Neto.

 

Quem é a Rede Paolinelli

A Rede Paolinelli Nobel da Paz reúne instituições do mundo acadêmico e do agronegócio criada para coordenar a indicação do ex-Ministro da Agricultura Alysson Paolinelli  ao Prêmio Nobel junto com liderenças da sociedade – no Brasil e no exterior. A organização também produziu a campanha de comunicação veiculada nas  redes sociais (Facebook, Youtube, Instagram e Linkedin).

 

O Nobel da Paz

O Prêmio Nobel da Paz é outorgado pelo Comitê Norueguês do Nobel (The Norwegian Nobel Committe), responsável pelas normas da indicação, pela seleção de candidatos elegíveis e pela escolha dos ganhadores ao prêmio. Trata-se do único Nobel, cujo desenrolar acontece fora da Suécia, onde a premiação foi criada.

A campanha de comunicação nas redes sociais é uma produção da Rede Alysson Paolinelli Nobel da Paz 2021.

Fonte: Rede Alysson Paolinelli Nobel da Paz

 

 

Confira neste vídeo e nas redes sociais (abaixo) um pouco dessa história 

 

Facebook

https://www.facebook.com/paolinelli.nobelpeaceprize2021/

Instagram

https://instagram.com/paolinelli.nobelpeaceprize2021?igshid=1s2ok73kp2qms

Linkedin

https://www.linkedin.com/in/paolinelli-nobel-peace-prize-44a3a5203/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 2 =